sexta-feira, 29 de março de 2013


Projeto Fala Archi

Público alvo: toda a comunidade da  E. E. Prof. Architiclino Santos.
Período: ano letivo de 2013, podendo ser prorrogado.
Periodicidade: bimestral, a princípio.
Profª. responsável: Jacqueline Emery
Corpo diretivo: Prof. Prof. Alexandre Costa
Prof. Anderson Pereira
Profª. Daniele Camargo
Profª. Jacqueline Emery
Prof. Rafael Limongelli


Justificativa:
O Fala Archi nasceu no início de 2001, tendo como meta “incorporar a informática como componente do processo ensino-aprendizagem, integrando o nosso aluno ao mundo globalizado e contribuindo de forma significativa para o processo de produção do conhecimento” (Projeto Fala Archi, 2001).
O jornal foi posto em prática e vigorou por cerca de dois anos. As dificuldades eram muitas. No início eram apenas cinco computadores, faltava verba para compra do material básico necessário como cartuchos de tinte e papel sulfite e então, os volumes eram afixados nas paredes das salas de aula e nos murais dos corredores da escola.  Mesmo assim, a participação era significativa – um grupo de alunos de séries distintas que se reunia na sala de informática fora do horário de aula com a coordenação da Profª. Jacqueline Emery. Os encontros eram momentos de verdadeira integração motivando a autonomia e a criatividade dos alunos no que dizia respeito à leitura, à produção textual e ao senso crítico.
O trabalho com o jornal possibilita o trabalho com textos de gêneros diversos, proporcionando a pesquisa, a interpretação, a crítica, o discernimento, a produção, a correção. O trabalho com essas habilidades, pode fazer o aluno resgatar a autoestima e o sentimento de pertencimento da comunidade escolar. Notícias de eventos na unidade escolar, campeonatos, campanhas, queixas e sugestões, assuntos de interesse dos alunos como drogas, música, esportes, escolha profissional, etc., além de textos enviados pelos professores, charges, tiras, até correio elegante, trabalham a leitura e interpretação partindo do seu contexto, assim como a interdisciplinaridade, estimulando a criatividade e contribuindo para uma aprendizagem verdadeiramente significativa.
Assim, buscamos resgatar o trabalho com o jornal na escola, fazendo deste um instrumento fundamental na produção do conhecimento.  A ideia surgiu no final de 2012 e foi amadurecendo. No início deste ano, 2013, recebemos a notícia de que há material disponível para pô-lo em prática. Houve ainda a adesão de alguns professores também interessados na mediação  dos trabalhos, o que vem a consolidar a integração de diversas áreas e turmas no processo, enriquecendo enormemente nosso projeto.
A partir de votação feita pela comunidade, o nome do jornal permanece o mesmo, Fala Archi.

Objetivos: 
- Desenvolver o interesse pela leitura, valorizando-a como fonte de informação e educação;
- Estimular a pesquisa,  a organização,  a produção textual e o senso crítico;
- Incentivar a construção coletiva do conhecimento;
- Propiciar a produção do conhecimento e a aprendizagem significativa;
- Desenvolver o senso de propriedade, aspectos éticos e legais dos textos publicados;
- Explorar questões culturais e estimular a discussão de temas transversais;
- Favorecer a interdisciplinaridade;
- Comprometer a comunidade nas diversas etapas de produção do jornal
- Integrar professores, alunos, funcionários, direção e até mesmo a família, ampliando o sentido de comunidade;
- Estimular o entrosamento entre colegas de diferentes turmas, encorajando a participação dos mais tímidos;
- Otimizar a socialização e o trabalho em equipe;
- Encorajar discussões fora do ambiente de sala de aula;
- Estimular o uso crítico da internet e dos sites de pesquisa;
- Ampliar o repertório cultural e tecnológico dos alunos;
- Melhorar o relacionamento com os pais;
- Buscar parcerias.



 Procedimentos:
- Escolha do corpo diretivo do jornal;
- Escolha do grupo de diagramação e edição do jornal
- Escolha do nome do jornal com a participação da comunidade, primeiramente através de sugestões em salas de aula e depois, com a votação em página do grupo, no Facebook;
- Reuniões de planejamento com o corpo diretivo;
- Agendamento das reuniões com os grupos diretivos.
- Exposição de cartazes convites;
- Reunião para sugestão e decisão de editoriais, organização de oficinas de discussão de temas diversos a serem sugeridos e distribuição de atividades, definição dos horários de encontros dos grupos;
- Conversa informal/oficina com uma estudante de jornalismo, ex-integrante da primeira equipe do Fala Archi.
- Produção do logotipo do jornal;
- Organização e edição do material;
- Produção da diagramação;
- Montagem e revisão do jornal;
-Publicação do jornal;
- Distribuição.

Recursos materiais:
- Livros;
- Revistas;
- Jornais;
- Computadores;
- Impressoras;
- Papel especial para jornal.
- Cartuchos de tinta/toner;
- Programas de editor de textos e de desenhos;
- Pen drive;
- Câmera fotográfica digital;
- Data-show.

Avaliação:
A avaliação do projeto dar-se-á durante todo o seu desenvolvimento, na interação entre os diversos membros da comunidade, levando em consideração o interesse, o comprometimento, a realização, o diálogo. Os educadores deverão valorizar as ações protagonistas dos educandos e o trabalho investido na produção do conhecimento.

Referências:
FARIA, Maria Alice de Oliveira. O jornal na sala de aula. 5ª Ed. São Paulo: Contexto, 1994. FREINET, C. O jornal escolar. Lisboa: Stampa, 1974.







quinta-feira, 9 de agosto de 2012

2012 - Jornal da Escola

Olá pessoal,

Estamos aqui com o propósito de reconstruir nosso jornal escolar.
O espaço servirá para o grupo postar os artigos, reportagens, comentários, etc. e fazermos as correções para a edição do nosso primeiro número.

Estou aguardando ansiosa a participação de vocês!

domingo, 20 de junho de 2010

Hi everybody!

Esta semana estarei visitando todos os blogs (aos poucos, é claro, porque a teacher trabalha demais, vocês sabem!), deixando minha avaliação e organizando tudo. Por enquanto, gostaria que vocês visitassem os colegas através dos links nos comentários do post abaixo. Visite o máximo de blogs que puder e deixe suas observações em relação às postagens dos colegas, ok?


See you!

PS: Atrasei um pouco devido à problemas de conexão de rede.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Archi 2010

Olá  pessoal!
Sejam bem vindos à nova fase deste trabalho cujo objetivo é a sociointeração dos meus alunos de língua portuguesa e língua inglesa. Este blog funciona como um link das atividades que vocês deverão produzir durane este ano letivo. Os alunos de diversas turmas e das duas disciplinas poderão  seguir os blogs dos colegas e interagir com eles, comentando suas postagens, Não esqueçam que vocês deverão sempre consular meu blog tambéma fim de que se interem das atividades,
Neste primeiro momento, apresentem-se e postem sobre seus interesses. Em seguida, visitem os blogs dos colegas de turma e comentem, ok? Lembrem-se de que tudo deve ser feito sempre co muito respeito!

Bom trabalho!
Good job!

sábado, 30 de maio de 2009

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Os cibergêneros e a interação

Gêneros "são entidades sócio-discursivas e formas de ação social incontornáveis em qualquersituação comunicativa" (Marcuschi, 2003). Considerando as possibilidades interativas que os novos meios digitais oferecem (navegar por links, buscar informações, enviar e-mails, participar de discussões, criar e participar de blogs etc) podemos constatar que o diferencial dos cibergêneros é a interatividade. Bakhtin (1979) define gênero como interação de seres humanos em diferentes constextos sócio-culturais. De acordo com Vygotsky, é através da mediação social que o conhecimento se refina e ganha coerência."Learning is appropriating knowledge through interaction" (Vygotsky,1978)A teoria sócio-cultural da linguagem enfatiza a linguagem e outros sistemas simbólicos como ferramentas para a efetiva aprendizagem de uma língua estrangeira. Para ensinar nosso aluno a se engajar discursivamente, é importante que a interação ocorra com algo ao qual ele já está familiarizado. Os cibergêneros estão aí e devemos fazer uso deles para que haja um aprendizagem significativa, contribuindo para que nossos alunos desenvolvam pensamentos e idéias também em Inglês e sejam capazes de realizar tarefas de modo independente.

sábado, 8 de dezembro de 2007

Plano de Atividade Educativa

Tipo de atividade: Projeto
Duração: todo o ano letivo

Blog Interaction


Tema: Criação de um canal de comunicação real (blog), onde os alunos possam postar assuntos referentes às unidades trabalhadas em sala de aula, textos diversos, de acordo com seus interesses, pesquisas, comentários e dúvidas, interagindo com a professora, colegas e alunos de outras turmas e séries.
Séries:1ª, 2ª, 3ª EM
Períodos: matutino e noturno
Disciplina: Inglês
Conexões interdisciplinares:
todas as disciplinas, uma vez que vários assuntos podem ser abordados pelos alunos nos blogs.


Objetivo(s):
- estimular a leitura e escrita,
- usar o blog como instrumento de construção coletiva do conhecimento,
- ampliar os repertórios culturai e tecnológicos dos alunos,
- desenvolver o senso de propriedade e a experiência com os aspectos éticos, legais e práticos na criação de um hipertexto,
- ampliar o senso de comunidade,
- encorajar discussões fora do ambiente da sala de aula,
- encorajar a participação dos alunos mais tímidos,
- estimular um maior entrosamento entre os colegas,
- facilitar trabalhos interdisciplinares,
- encorajar o uso da Internet e dos sites de pesquisa de forma crítica,
- encorajar a utilização de recursos on line apropriados ao nível dos alunos.

Conteúdo(s):
Conceituais:

- Comunicação em língua Inglesa
- Organização textual
- Estrutura do blog
- Linguagem digital
- Conteúdo sistêmico

Procedimentais:
- Registro de impressões, sentimentos, observações, situações, etc.
- Domínio da ferramenta.
- Estratégias de leitura (skimming, scanning, etc).
- Uso de banco de dados.
- Uso do dicionário para ampliar vocabulário ou para tirar possíveis dúvidas sobre o significado das palavras.

Atitudinais:
- Discernimento no uso das formas de comunicação, tendo como parâmetros o meio utilizado, a linguagem e o receptor da mensagem.
- Ética ao usar a linguagem digital.
- Respeito às caracterísitcas individuais e á forma de pensar e atuar de cada um.
- Valorização das produções realizadas pelo interlocutor.
- Autonomia no processo de aprendizagem.
- Valorização do pensamento crítico e reflexivo.

Estratégias:
Os alunos deverão criar, em grupos, seus respectivos blogs, explorando um determinando assunto de seu interesse . Os alunos poderão trabalhar na SAI da escola, em suas casas, lan-houses. Estes blogs serão um espaço colaborativo, onde os alunos serão encorajados a escrever sobre temas de seus interesses bem como pesquisar novidades na Internet . Poderão também postar comentários nos blogs dos outros grupos, ou até nos de grupos de outras classes, seus pais, alunos de outras escolas e até de outros países, ou mesmo qualquer um que tenha acesso à Internet. O blog do professor (http://www.bloginteraction.blogspot.com/) será um tutorial, um canal de comunicação com os blogs dos dos alunos. A intenção é trabalhar várias unidades didáticas utilizando os vários recursos do Wazup.

Recursos necessários:
TV
Vídeo
Aparelho de DVD
Computador(es)
Impressora
Retro-projetor
Scanner
Máquina fotográfica
Microfone
Fones de ouvido
Aparelho de som
Softwares: Wazup-Webcom, Desvendando o idioma, Webster´s
Internet

Transparências
Textos fotocopiados
CDs
DVDs


________________
Você deseja publicar seu plano no Banco de Atividades Pedagógicas? Sim